Opala Diplomata

Para o ano de 1980, a linha Opala passaria por uma remodelação mais profunda, assumindo formas mais retangulares nas lanternas dianteiras e traseiras. Embora recebesse uma reformulação externa, o interior dos veículo não seria reformulado para 1980, e sim 1981, também com desenho retangular, com exceção do painel de instrumentos, que manteve relógios circulares, junto com um novo volante e novo acabamento. Quanto ao reposicionamento da alavanca do freio de estacionamento, esta viria nos modelos de 1979.


Nos modelos de 1980, surgiria a nova versão topo-de-linha Diplomata, mantendo como opcionais o revestimento de vinil (total ou parcial, oferecidos opcionalmente até 1982) e outros itens de conforto. Em 1985 ocorreria uma leve reestilização da linha Opala, como novas lanternas traseiras (tricolores, atendendo a resolução do Contran) e a incorporação faróis de milha aos faróis principais. O destaque maior seria nos itens de conforto oferecidos, como vidros, travas e retrovisores elétricos, assim como itens funcionais melhorados (desembaçador traseiro e direção ajustável)